top of page

Compositor e Letrista: Qual a Diferença?

Atualizado: 13 de ago. de 2023

Composição e letra são a mesma coisa? Compositor é o letrista, ou o letrista é o compositor?


No blog de hoje vamos desmistificar estes dois termos, entendendo que eles podem se referir a mesma pessoa, mas não são sinônimos!


compositor e letrista de canção

O que faz o compositor?

Compositor é aquele que cria a música. Ele é o responsável pela melodia, harmonia, e pode, inclusive, idealizar a musica já completa, com um arranjo e orquestração, por exemplo. Ele é quem cria todo o universo musical daquela obra.


O que faz o letrista?

O letrista é aquele que cria a letra, a história; uma poesia em forma de canção. Ele entende que essa letra terá uma relação com a música, mais especificamente com a melodia, mas, diferente do compositor que foca nas notas musicais, ele - o letrista - é responsável pelas palavras.


Duas linguagens complementares: música e letra

Portanto, composição e letra lidam com dois tipos de linguagens diferentes: a linguagem musical (compositor) e a linguagem falada/escrita (letrista), específica do idioma utilizado na letra, como o português, por exemplo. Quando juntas, convergem em uma criação artística, que geralmente damos o nome de canção.


Canção, o formato musical mais popular

Esse formato musical se tornou o mais corriqueiro e popular. Por ser um dos mais utilizados e famosos, a canção é o formato que uma parcela da população mais se identifica. Muitas pessoas, inclusive, têm uma certa dificuldade em se conectar com músicas que não tenham letra/cantor.



Uma anedota sobre música instrumental

Eu lembro de uma passagem engraçada da minha vida, de quando eu estudava música, antes mesmo de entrar na faculdade, nos meus 15 ou 16 anos. Desde aquela época eu já gostava de música instrumental, de jazz, de bossa nova, e tinha um grupo no qual eu tocava trompete. Certa vez, em uma das apresentações que fizemos em barzinhos, com esse repertório instrumental, ouvi o seguinte comentário: “Nossa que banda legal, a única coisa que está faltando é um cantor”.


Confesso que era o tipo de abordagem que eu não sabia nem como responder. Afinal, também não era o momento adequado para “educar” alguém. Mas, é um comentário que reflete como muita gente entende música como canção.


Direitos autorais de compositores e letristas: cada um com o seu!

Então, retomando: compositor é uma coisa, letrista é outra. Eles podem sim ser a mesma pessoa, sim, mas isso não necessariamente acontece. Essa diferenciação fica muito clara ao consultarmos os “songbooks” - os livros de canção - com melodias cifradas e letras. Nestes livros, é muito comum ver créditos como “composta por” e “letra por”, entendendo que os direitos autorais são dos dois e independentes: letra e música!

 

Gostou do conteúdo?


Deixe nos comentários dúvidas e sugestões para os próximos blogs! E não deixe de visitar os meus perfis no Instagram, Facebook e o canal do YouTube para vídeos completos com conteúdos exclusivos!


 
Rafael Piccolotto de Lima - Compositor, arranjador, diretor musical, produtor musical e educador
Sobre o autor

Rafael Piccolotto de Lima foi indicado para o Grammy Latino como melhor compositor erudito. Ele é doutor em composição de jazz pela Universidade de Miami e tem múltiplos prêmios como arranjador, diretor musical, produtor e educador.


Suas obras foram estreadas e/ou gravadas por artistas como as lendas do jazz Terence Blanchard, Chick Corea e Brad Mehldau, renomados artistas brasileiros como Ivan Lins, Romero Lubambo, e Proveta, e orquestras como a Jazz Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica das Américas e Metropole Orkest (Holanda).


Criadores musicais (conteúdo educacional):

Rafael Piccolotto de Lima (conteúdo artístico):
33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page