top of page

SOBRE

Indicado para o Grammy Latino como compositor erudito, Rafael tem múltiplos prêmios como arranjador, orquestrador, diretor musical, produtor e educador. Ele teve obras estreadas e gravadas por artistas como as lendas do jazz Terence Blanchard, Chick Corea e Brad Mehldau, renomados artistas brasileiros como Ivan Lins, Romero Lubambo, e Proveta, e orquestras como a Jazz Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica das Américas, Metropole Orkest (Holanda) e Orquestra Nacional da Costa Rica.

CURRÍCULO

RESUME

Indicado para o Grammy Latino (2013) como compositor clássico aos 27 anos, Rafael é formado em Composição Erudita e Música Popular pela UNICAMP. Ele é Mestre em Studio Jazz Writing e tem Doutorado em Jazz Composition, ambos pela University of Miami. Durante seus 5 anos na Universidade de Miami, Rafael trabalhou como compositor e regente assistente no Instituto Henry Mancini recebendo a bolsa estudos da ASCAP, financiado pela familia Mancini.

 

Como compositor e arranjador, ele teve obras estreadas e / ou gravadas por artistas como as lendas do jazz Brad Mehldau, Terence Blanchard, Chick Corea, Gregory Porter, o astro do rock Steve Miller, o pop star latino Jon Secada, renomados artistas brasileiros como Ivan Lins, Romero Lubambo, Proveta, Ana Carolina, Zélia Duncan e Mart'nália, e orquestras como a Symphonic Jazz Orchestra (Los Angeles), Orquestra Jazz Sinfônica Brasileira, BMI NY Jazz Orchestra, Camerata Latino Americana (São Paulo, Brasil), Orquestra Sinfônica daUNICAMP, Metropole Orkest (Holanda), Orquestra Nacional da Costa Rica, Henry Mancini Institute Orquestra (Miami) e Orquestra Sinfônica de Campinas.

 

Como maestro, Rafael foi selecionado para participar do concurso da TV brasileira “Prelúdio” para jovens músicos eruditos, dirigiu muitos dos grupos que já executaram suas obras e liderou 4 grupos para ganhar o prêmio Downbeat para estudante na categoria pós-graduação: grupo de câmara do Henry Mancini Institute, Frost Recording Ensemble, Frost Salsa Orchestra e o Rafael Piccolotto de Lima Large Ensemble.

 

Como pesquisador, Rafael foi bolsista da FAPESP com o trabalho: "A Big Band brasileira - composições e arranjos de samba de Nailor Azevedo (Proveta) para a Banda Mantiqueira" e escreveu a dissertação de doutorado "Distinções turvas; além da terceira corrente - um estudo em composição de estilos musicais híbridos: o amálgama do jazz e da música erudita de concerto".

 

Outros prêmios incluem um total de 13 prêmios DOWNBEAT (como diretor musical, engenheiro de gravação, compositor para pequenos e grandes grupos, e como arranjador), prêmio honorário na competição da Orquestra de Jazz Sinfônica de Los Angeles, Concurso de Arranjos e Composição ASMAC Pete Rugolo BIG BAND, Prêmio Herb Alpert Young Jazz Composer da ASCAP por duas vezes, JEN Student Showcase Award, concurso nacional de arranjadores ARS BRASILIS em homenagem a Milton Nascimento e o primeiro lugar no II Concurso de Composição Latino-Americana Ricardo Rizek para jovens compositores.

CURRICULUM VITAE

CURRICULUM VITAE

IMPRENSA

"A cada audição, você ouve algo novo e inspirador. Esta gravação é inovadora, sofisticada e repleta do raro otimismo de dois mestres em pleno vôo."
- Wynton Marsalis, 2021.

"Piccolotto evoca uma cornucópia de texturas sonoras."

- Revista Downbeat, 2022.

"Um verdadeiro líder"

- Revista Metrópole, Brasil, 2019.

"Prodígio de Campinas"

- Revista Absoluta, Brasil, 2016.

“Rafael é conhecido por seu cruzamento de estilos, criando verdadeiros híbridos”

- Notas do programa Carnegie Hall, Nova York, 2014.

 

“Um artista renascentista com um grande futuro”

- Gary Lindsay para Score Magazine, Miami, 2014.

 

“Rafael é considerado uma das revelações da música erudita do país”

- Jornal Correio Popular, Brasil, 2014.

 

“Um talento raro, hábil nas artes da composição e regência”

- Programa Prelúdio, Canal Cultura, Brasil, 2010.

(Competição nacional brasileira para jovens músicos)

MEDIA & PRESS

PRÊMIOS

AWARDS
  • 2018 - Finalista do Workshop de Compositores de Jazz da BMI NY (Charlie Parker  Jazz  Composição  Prêmio): Raiar.

  • 2017 - Finalista do Workshop de Compositores de Jazz da BMI NY (Charlie Parker  Jazz  Composição  Prêmio):  Espaço negativo.

  • 2017 - Seleção do simpósio da ISJAC (Sociedade Internacional de Arranjadores e Compositores de Jazz):  Espaço negativo.

  • 2017 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: Melhor Engenheiro de Gravação em Estúdio.

  • 2017 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: Melhor arranjo:  Jumble.

  • 2016 - Medalha Carlos Gomes.

  • 2016 - Prêmio estudante graduado da revista Downbeat: “excelente arranjo de orquestra de estúdio” (Spanish Suite, com Chick Corea e Terence Blanchard)

  • 2016 - Prêmio para estudante de graduação da revista Downbeat: “conjunto latino excepcional”:  Conjunto Grande Rafael Piccolotto de Lima

  • 2016 - George Duke Commissioning Competition (Symphonic Jazz Orchestra): Segundo lugar (Trickster)

  • 2015 - Concurso ASMAC Pete Rugolo BIG BAND de Organização e Composição: Prêmio Honorário (Abertura SubUrbana)

  • 2015 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: “melhor composição em small ensemble” (Especiarías Búlgaras)

  • 2015 - Prêmio estudante graduado da revista Downbeat: “excelente conjunto latino” (como maestro da Orquestra Frost Salsa)

  • 2015 - Prêmio estudante graduado da revista Downbeat: “excelente engenheiro de gravação de estúdio”

  • 2015 - Prêmio estudante graduado da revista Downbeat: “excelente engenheiro de gravação ao vivo”

  • 2015 - Prêmio ASCAP Herb Alpert Young Jazz Composer, (Balance Shift)

  • 2014 - Prêmio ASCAP Herb Alpert Young Jazz Composer, (Fábulas de Mingus)

  • 2014 - Vencedora do prêmio JEN Student Composition Showcase, (Quebra-cabeças)

  • 2014 - Prêmio para estudante de graduação da revista Downbeat: “excelente composição de grande conjunto” (Brookmeyer Motives)

  • 2014 - Prêmio estudante graduado da revista Downbeat: “melhor engenheiro de gravação de estúdio”

  • 2014 - Prêmio da Imprensa Brasileira (Bossa Nova Sinfônico)

  • 2013 - indicação ao Latin GRAMMY como “melhor compositor clássico” (Abertura Jobiniana)

  • 2013 - Concurso Nacional de Arranjadores ARS Brasilis (Brasil) em homenagem a Milton Nascimento: 3º lugar

  • 2013 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: “melhor conjunto latino” (como maestro do Frost Recording Ensemble)

  • 2013 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: “melhor ensemble clássico” (como maestro do Henry Mancini Institute Chamber Ensemble)

  • 2012 - Prêmio aluno de graduação da revista Downbeat: “excelente composição em pequenos conjuntos” (Transfigurações Brasileiras)

  • 2011 - Um dos 30 músicos brasileiros selecionou artistas para participar do programa nacional RUMOS, patrocinado pelo Banco ITAU

  • 2010 - Um dos cinco regentes selecionados para participar do  Prelúdio  concurso (concurso de música erudita para jovens músicos realizado pela TV Cultura do Brasil)

  • 2009 - 1º Lugar no II Prêmio Latino-Americano de Composição Ricardo Rizek para jovens compositores (Pelos Ares)

  • 2008 - Vencedor com o Quarteto Rafael de Lima de FURNAS: Prêmio GERAÇÃO MUSICAL III no Estado de São Paulo - categoria: Música Instrumental

FOTOS DE DIVULGAÇÃO