top of page

Da captação até a masterização - A produção de uma gravação de áudio

Atualizado: 1 de jul. de 2023

Você saberia dizer quais são as etapas da produção de uma gravação, de um fonograma?


Já adianto, são três as principais

  • gravação,

  • mixagem

  • e masterização.


E, claro, para um resultado satisfatório, todas elas requerem atenção e cuidado no processo!


microfone de estúdio para gravação de áudio

Captação de áudio

Por ser um dos primeiros passos, se ela não for bem-feita, todo o processo será comprometido. O responsável pela gravação deve decidir quantos e quais microfones serão utilizados, seu posicionamento, e cuidar de todos outros equipamentos que farão parte dessa corrente, desde cabos, pré-amplificadores, conversor digital, software de gravação etc. Cada um desses componentes terá um impacto no áudio captado.

Para um bom resultado, é preciso entender as características do som a ser captado, assim como as condições da gravação e o espaço onde ela acontecerá. Dessa maneira, poderemos fazer as melhores escolhas e captar esse som adequadamente, de acordo com as características musicais do projeto em questão.



Mixagem de áudio

De uma maneira bem resumida, na mixagem, o técnico de mixagem se utiliza de todas as faixas separadas que foram gravadas durante a captação e as compila de uma maneira o mais coerente possível, usando uma série de ferramentas do universo da mixagem. Elas vão desde reverb, espacialização, volume, compressão, efeitos etc. Metaforicamente, é como se colocássemos todos os ingredientes neste prato musical.


Mesa de som para mixagem de áudio

Masterização de áudio

Na masterização ocorre a finalização do fonograma, ou seja, todas as faixas chegam mixadas e engenheiro de áudio vai fazer os últimos ajustes gerais na gravação. Podemos fazer uma analogia, comparando a masterização como um “verniz” que se coloca sobre essa mixagem. É neste momento que ocorre a “revisão” de equalização, de balanceamento.


Na masterização não é possível desfazer ou refazer coisas individuais da mixagem, como mudar o som de um instrumento específico, isolado. Mas, é possível acertar parâmetros gerais, dar mais brilho ou deixar a sonoridade mais escura, cortar alguma frequência que esteja ressoando demais, refinar elementos de espacialização e criar mais presença através do uso de compressão.


Depois deste trato, é possível distribuir nas mais diversas formas que conhecemos, desde os LPs, cassetes, CDs e, hoje, neste universo digital, os streamings.


Especialistas em cada etapa do processo

Apesar de todas etapas estarem interligadas e serem interdependentes, muitas vezes, cada estágio é realizado por um profissional diferente, um especialista naquela área. E você, enquanto um criador musical, um diretor e/ou produtor, poderá se beneficiar imensamente do entendimento desse processo; tanto para criar suas próprias gravações, quanto para trabalhar em parceria com profissionais especialistas de cada uma dessas áreas.


Se você quer entender melhor cada etapa deste processo, te convido a ler outros artigos já escritos aqui no blog:



E, se você tem interesse em aprender como fazer todas as etapas, eu te apresento o meu curso online “Fundamentos da produção de áudio e vídeo para músicos”, onde eu explico, em detalhes, os processos, equipamentos e outras as ferramentas utilizadas.

 

Gostou do conteúdo?


Deixe nos comentários dúvidas e sugestões para os próximos blogs! E não deixe de visitar os meus perfis no Instagram, Facebook e o canal do YouTube para vídeos completos com conteúdos exclusivos!


 
Rafael Piccolotto de Lima - Compositor, arranjador, diretor musical, produtor musical e educador
Sobre o autor

Rafael Piccolotto de Lima foi indicado para o Grammy Latino como melhor compositor erudito. Ele é doutor em composição de jazz pela Universidade de Miami e tem múltiplos prêmios como arranjador, diretor musical, produtor e educador.


Suas obras foram estreadas e/ou gravadas por artistas como as lendas do jazz Terence Blanchard, Chick Corea e Brad Mehldau, renomados artistas brasileiros como Ivan Lins, Romero Lubambo, e Proveta, e orquestras como a Jazz Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica das Américas e Metropole Orkest (Holanda).


Criadores musicais (conteúdo educacional):

Rafael Piccolotto de Lima (conteúdo artístico):
21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page